15/12/2009

Primeira risada do dia de hoje (12 minutos antes de acabar):

E-mail enviado pelo meu ex-professor de ginástica, cujo conteúdo correspondeu durante largos dias a um status de Facebook (do próprio, claro):


"De cada vez que alguém escreve "fizes-te", morre um golfinho."


Conclui-se então que é graças aos portugueses com baixo grau lexical que andam para aí a morrer golfinhos que nem moscas.
''mas porque é que 'fizes-te' isso?'' (e morre um golfinho em Ipanema).
Miguel Otero, we love you.

3 comentários:

  1. Agora tu é que me "fizes-te" rir neste dia chuvoso ;)

    ResponderEliminar
  2. pessoas que escrevem assim deviam voltar à primária.

    ResponderEliminar
  3. Beeeeeem, é o fizes-te; fizestes; prontos; fins-de-semanas; eu sei lá!!!! Viva Portugal! Viva! :D

    ResponderEliminar